Até onde vai a sua FÉ?

12/08/2016 02:50

 

Muitos de nós embora digamos acreditar que o HOMEM é MATÉRIA e ENERGIA, ainda assim, não damos a devida atenção ao nosso lado ENERGIA, a nossa CONSCIÊNCIA.

Por trás do nosso CÉREBRO, por trás da nossa MENTE, por trás dos nossos SENTIMENTOS, existe a ENERGIA, que define QUEM NÓS SOMOS de VERDADE.

Quando criança em casa tinha uma coleção de historinhas infantis e uma das que mais me chamava a atenção era a do PINÓQUIO, o  boneco de madeira que ganhava vida e que tinha um “grilo falante” como CONSCIÊNCIA. Sempre que o PINÓQUIO estava fazendo algo ERRADO, lá estava ele, o grilo falante, para ajudar e dar conselhos.

As vezes, penso que tratamos a nossa CONSCIÊNCIA , como se fosse um grilo falante, algo que não faz parte de nós, e que por vezes, assim como o Pinóquio, tentamos ignorar.

Cuidamos do corpo, damos uma certa atenção a mente, mas não damos tanta atenção a nossa VOZ da CONSCIÊNCIA, preferimos ouvir o nosso EGO, porque ele parece ser mais COERENTE com a REALIDADE de massa,  que se traduz na ideia de que “é  cada um por si, e DEUS por todos”.

Mas assim como na historia, em que o grilo falante não desistia do Pinóquio, mesmo quando ele estava mentindo e fazendo arte, a nossa CONSCIÊNCIA também não desiste de NÓS.

E é por isso, que na maioria das vezes, nós sabemos quando estamos contrariando a nossa VERDADEIRA NATUREZA.

Qualquer pessoa que acredite na ESPIRITUALIDADE, aprendeu que fomos criados a imagem e semelhança de DEUS, e sendo assim, deveríamos acreditar também que a nossa verdadeira NATUREZA É EXPRESSAR DEUS, ou seja, a PERFEIÇÃO em todos os aspectos da nossa vida.

Eu sempre digo que FÉ É algo que não se questiona, mas penso que É interessante com frequência, refletir até onde vai a minha FÉ.

Como É o DEUS em que EU acredito? Como este DEUS atua na minha vida? Qual É a minha relação com DEUS?

Muitos de nós preferimos deixar a cargo do pastor, do padre ou do líder religioso, o estudo e pesquisa de tudo que diga respeito a DEUS e a FÉ.

Se somos matéria e energia, se fomos criados a imagem e semelhança de DEUS, porque não falamos de FÉ e de DEUS, com a mesma familiaridade, a mesma naturalidade e o mesmo  conhecimento com que falamos de política, futebol ou novela.

Parece que o assunto DEUS e FÉ, ainda não encontrou um espaço natural em nossas vidas.

Penso que a nossa consciência é o ELO mais próximo de DEUS e que se nos RECUSAMOS a ouvir a nossa CONSCIÊNCIA, estamos nos recusando a ouvir a voz de DEUS, que sopra nas mais diversas situações, na solução de problemas, na criatividade e nas grandes inspirações.

Não dá para estarmos com Deus na igreja, no culto, no espaço esotérico, no dia a dia, no trabalho, na rua ou em casa, se agirmos diferente do que a nossa CONSCIÊNCIA nos diz, que seria de acordo com a expressão perfeita de DEUS.

Fomos condicionados a separar RAZÃO e ESPIRITUALIDADE por tanto tempo, que muitos de nós ainda acredita que, fazer o  melhor  e ser correto, é uma questão de “ser bom”. Eu prefiro pensar que é mais do que isso, “é uma questão de  inteligência”.

Penso que quando razão e espiritualidade andam juntas, as chances de agirmos com coerência e nos tornarmos “pessoas melhores”, são bem maiores.

 

 

Um abraço,

Cristina Alves

 

 

Tópico: Até onde vai a sua FÉ?

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

Newsletter

GOSTARIA DE RECEBER GRATUITAMENTE NOVOS POSTS? DEIXE SEU E-MAIL LOGO ABAIXO


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!