Qual a diferença entre BULLYING e “Brincadeirinha de mau gosto”?

03/09/2017 22:07

 

Será que a nossa PERCEPÇÃO está treinada para PERCEBER quando estamos causando mal ao outro?

Na época do Império Romano, muitos cristãos foram jogados aos leões e a maioria assistia a isso, como quem assiste a um grande espetáculo.

Até 1888, no Brasil, boa parte das pessoas entendiam que não havia mal algum em escravizar os negros.

Hoje a nossa PERCEPÇÃO nos permite entender que jogar alguém em uma arena para ser devorada por um leão, ou escravizar qualquer pessoa é uma grande maldade.

EVOLUÍMOS, já não somos tão maus, mas ainda estamos aprendendo a SER BONS.

Atualmente, crianças e adolescentes fazem os chamados “desafios mortais” para terem a aprovação dos colegas.

Boa parte da população do mundo sofre de ansiedade, depressão, síndrome do pânico e outros transtornos emocionais, devido as pressões da sociedade.

Pessoas das mais diversas idades cometem suicídio por motivos desconhecidos.

Confesso que até há alguns dias atrás, eu fazia parte das pessoas que diziam que havia um certo exagero, em relação a maneira como se abordava a questão do Bullying. Foi só eu trocar a palavra Bullying por “brincadeirinha de mau gosto”, que a minha memória trouxe à tona a lembrança de uma época, em que algumas “brincadeirinhas”  faziam com que eu me sentisse mal, era um verdadeiro tormento.

O fato é que acendeu uma luz na minha mente, que deixou claro que não temos como saber o que se passa na cabeça de um indivíduo, e qual é o impacto que uma “brincadeirinha de mau gosto”, pode causar na vida de uma pessoa.

A pergunta que fiz para AMPLIAR A MINHA PERCEPÇÃO  foi:

O que MOTIVA alguém a ridicularizar, irritar ou constranger uma pessoa ?

Quando você faz essa pergunta, você percebe que qualquer resposta não vai corresponder a uma lógica coerente.

Há quem diga que é para descontrair. Descontrair como? Se o outro fica tenso, irritado, com raiva ou na melhor das hipóteses, “de saco cheio”.

É preciso desenvolver a CONSCIÊNCIA que:

MALDADE é qualquer coisa que façamos, conscientemente, mesmo PERCEBENDO que o outro sente-se mal.

O grande problema é que “aprendemos” a classificar o MAL em  “níveis de maldade”, existe até a “maldade que não faz mal pra ninguém”.

E o pior é que classificamos o grau da maldade por aquilo que conseguimos tolerar, e não pelo grau de tolerância da vítima.

 Aquilo que nem faz cócegas em você, pode causar uma dor terrível no outro. Cada um sabe a dor que sente. A perda de uma pessoa querida, ou um desafeto pode doer muito mais pra um do que para outro.

Quem nunca sentiu a angustia da segunda feira, por causa de um chefe difícil, ou um trabalho que não agrada. Agora imagina sentir essa angustia, somada a chacotas e brincadeiras que tenham por motivo ridicularizar uma pessoa. O trabalho vira um inferno.

Imagina uma criança que sabe que a segunda feira, além de representar o chamado às responsabilidade, representa “tapinhas na cabeça”, material escondido, tropeços provocados e ridicularização diante dos amigos.

Nós os adultos as vezes fazemos “das tripas coração”, para superar situações desagradáveis, mas até que ponto uma criança consegue suportar tanto desconforto, sem sofrer sérios prejuízos.

Qualquer pessoa INTELIGENTE, por experiência própria, sabe que ser ridicularizada, irritada ou constrangida não é algo que a faça sentir-se bem.

Precisamos entender e ensinar as nossas crianças que:

MALDADE é qualquer coisa que façamos, propositalmente, para provocar mal estar no outro.

Ter essa consciência ajuda muito porque, em geral, NINGUÉM QUER SER MAU.

Gosto da frase que diz: Quem erra sem saber que era errado é perdoado, mas aquele que erra com a consciência de que está errando, este não tem perdão. Não podemos fugir do julgamento da nossa própria consciência.

Como disse anteriormente, EVOLUÍMOS, já não somos tão maus, mas ainda estamos aprendendo a SER BONS.

AMPLIAR A PERCEPÇÃO E EVOLUIR, É UMA QUESTÃO DE ESCOLHA.

 

 

Tópico: Qual a diferença entre BULLYING e “Brincadeirinha de mal gosto”?

Nenhum comentário encontrado.

Novo comentário

Newsletter

GOSTARIA DE RECEBER GRATUITAMENTE NOVOS POSTS? DEIXE SEU E-MAIL LOGO ABAIXO


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!