COMO COMBATER O ESTRESSE NO TRABALHO

25/10/2016 20:14

 

Conheça uma nova abordagem onde a  SOLUÇÃO está ao alcance de todos.

 

Fonte ilustração:    https://www.noticiasdeitauna.com.br/noticiasdiarias/admin/2012/03/16/video-estresse-no-trabalho-mais-de-um-milhao-se-afastaram-do-trabalho/

 

Hoje em dia a manifestação do ESTRESSE em função do trabalho é tão comum, que já pode ser diagnosticado como uma síndrome: A síndrome de BURNOUT.

Insônia, irritabilidade, desmotivação, dificuldade para realizar ações  rotineiras, falta de concentração e até mesmo falha de memória, podem ser sintomas iniciais da síndrome.  A evolução dos sintomas podem levar ao cansaço, perda ou ganho de peso, problemas com o sistema digestivo, dores no corpo, baixa imunidade e até mesmo  infarto ou derrame. 

Embora atualmente, muitos considerem que o ESTRESSE é algo inerente a vida coorporativa, a BOA NOTÍCIA, é que isto não precisa ser uma verdade.

Como atualmente as preocupações que envolvem o trabalho vão das relações trabalhistas, até a economia do país, neste artigo eu vou abordar o combate ao estresse do ponto de vista da relação “Empregador e Empregado”.

 

 

 

Você pode combater o estresse, para isso só é preciso estar atento aos mecanismos de funcionamento do seu CÉREBRO e da sua MENTE.

Diante de qualquer problema lembre-se do seguinte:

O cérebro diante de determinadas situações, pode acionar o instinto e a emoção, que são mecanismos automáticos que filtram a realidade, para garantir a sua sobrevivência. Além dos mecanismos automáticos existe um sistema mais sofisticado, que também filtra a realidade, mas que ao contrário do instinto e da emoção, não é acionado automaticamente, este é o seu “sistema analítico racional”, ele analisa e compara as informações ao seu redor, através das experiências e conhecimentos adquiridos no decorrer da sua vida.

O seu “sistema analítico racional” é o “arquivo de conhecimento” que você acessa, para saber sobre si mesmo e o mundo, antes de fazer qualquer ESCOLHA.

Desta forma, as nossas escolhas acontecem de acordo com a importância que damos ao instinto, a emoção e ao conhecimento.

Quando não confiamos no conhecimento que temos a respeito de nós mesmos e do mundo, apelamos ao INSTINTO e a EMOÇÃO. E é assim que muitas vezes nos sentimos impotentes diante da vida. 

 

 

O ESTRESSE DO PONTO DE VISTA DO EMPREGADO

Se você acompanhou o meu raciocínio até aqui, então agora é a hora em que eu lhe convido a se fazer a seguinte pergunta:

 

Como você percebe o seu emprego?

 

Na PERSPECTIVA mais POSITIVA o seu trabalho pode ser:

·        Onde você expressa os seus DONS e TALENTOS;

·        Onde você troca serviços por RECURSOS FINANCEIROS, que lhe permitem realizar os seus sonhos;

·        Onde você tem a OPORTUNIDADE de SOCIABILIZAR diariamente.

Na PERSPECTIVA NEGATIVA o seu trabalho pode representar uma soma de problemas (sem solução), que podem levar a SENSAÇÃO de IMPOTÊNCIA, gerando o ESTRESSE.

Os problemas mais comuns nesta situação:

·        Falta de reconhecimento;

·        Dificuldade em realizar tarefas desconhecidas (cobrindo férias ou atendendo a necessidades de reestruturação);

·        Cobranças indevidas (cobranças que vão além das responsabilidades pertinentes ao cargo);

·        Dificuldades nas Relações Interpessoais (pessoas que incomodam);

·        Sobrecarga de trabalho;

·        Insatisfação profissional;

·        Baixa Remuneração.

Se você se identificou com os problemas acima, e sente que é apenas um empregado, em uma relação de trabalho, onde “alguém  manda e você faz”;

CHEGOU A HORA DE SER RACIONAL E VERDADEIRO!!!!

A partir do conhecimento que você tem de si mesmo e do mundo, me diga o que tem de real nessa maneira de pensar:

Você é apenas um empregado ou um profissional competente?

Você faz o que mandam, ou presta serviços de acordo com o solicitado, identificando as reais necessidades da empresa?

 

 

Que tal mudar a percepção de EMPREGO para EMPREENDIMENTO e de EMPREGADO para EMPREENDEDOR, sem se desligar da empresa onde você trabalha hoje?

Isso é possível quando você adota a percepção de que O SEU EMPREGO É O SEU NEGÓCIO.

Esta nova PERCEPÇÃO, implica em:

 

·        Conhecer tudo o que diz respeito a realização das suas tarefas;

·        Responsabilizar-se por tudo, que é pertinente as suas tarefas;

·        Garantir a qualidade na realização das suas tarefas;

·        Prestar contas das tarefas realizadas, para garantir a tranquilidade do Contratante (Empregador ).

·        Entender o conceito de cliente interno.

 

Por experiência própria, eu sei que as empresas fazem de tudo para manter e conquistar novos clientes, desde garantir a entrega do que prometem, até irem além das expectativas com um tratamento diferenciado.

Os clientes finais são o que chamamos de “clientes externos”.

Todas as pessoas dentro de uma empresa são responsáveis pelo processo que faz, com que o produto ou serviço chegue às mãos do cliente. Neste processo existe uma troca de serviços, é esta relação de prestação de serviços, dentro da empresa, que dá origem ao “cliente interno”.

Então clientes internos são todos aqueles para quem você presta serviços dentro da empresa, mas se a ideia é CRECER e PROSPERAR, você também deve dar a devida atenção à todas as pessoas com quem você tem contato dentro da empresa, independentemente de prestar ou não serviço a ela, pois o colega de hoje pode ser o seu cliente interno amanhã e não existe propaganda melhor que o “boca a boca”.

Desta forma, quando você adota a percepção de que “o seu emprego é o seu negócio”, tudo o que você mais quer é ENCANTAR os seus clientes.

Agora que você já entendeu alguns conceitos que estão por trás da ideia “O seu Emprego É o seu Negócio”, veja porque esta NOVA PERCEPÇÃO pode ajudar na eliminação do estresse.

Abaixo segue a lista de problemas mais comuns, diante da percepção de EMPREGADO e as Soluções com a nova percepção “O seu Emprego é o Seu Negócio”, onde você passa a se ver como Empreendedor

 

Problema: Falta de reconhecimento.

Solução: O reconhecimento do outro, deixa de ser uma necessidade emocional.

O próprio empreendedor estabelece critérios de autoavaliação, para checar se as suas tarefas estão sendo executadas dentro das expectativas da empresa e do mercado.

 

Problema: Dificuldade em realizar tarefas desconhecidas

Solução: O empreendedor sabe que quando pensam nele para realizar tarefas que não fazem parte da sua área de conhecimento, isso significa que confiam na sua capacidade, mas o empreendedor deve negociar treinamento e alertar sobre os riscos que a falta de preparo pode gerar.

A capacidade de negociação é uma característica do empreendedor.

 

Problema: Cobrança indevida                         

Solução: Uma regra que vale para qualquer negócio é,  “ o que é combinado não é caro”.

Na hora de assumir tarefas e responsabilidades o empreendedor certifica-se que ficou claro, para todas as partes envolvidas, quais são as responsabilidades que cabem ao empreendedor.

Quando necessário o empreendedor, documenta o combinado através de e-mail.Isso evita dúvidas.

 

Problema: Dificuldades nas Relações Interpessoais

Solução: Se você tivesse um comércio deixaria de fazer uma venda, só porque não foi com a cara de uma pessoa?

Com certeza não.

Para um empreendedor, nada é pessoal. 

 

Problema: Sobrecarga de trabalho

Solução: Observar e alertar os riscos de uma sobrecarga de trabalho, é responsabilidade do empreendedor.

Saber negociar prazos é um dos seus diferenciais.

Você obrigaria um pedreiro  a entregar em 15 dias, uma obra que em geral  precisaria de 30 dias, se ele alertasse o risco de desmoronamento? 

 

Problema: Insatisfação Profissional

Solução: Para o empreendedor, a fonte de renda do presente é a PONTE para as realizações do futuro, por isso deve ser valorizada. Ele sabe que, com boa vontade e planejamento é possível mudar a sua área de atuação.

 

Problema: Baixa Remuneração

Solução: A remuneração faz farte do processo de NEGOCIAÇÃO.

O empreendedor sabe que quanto mais diferenciais ele tiver em relação ao mercado, maiores as chances de negociar uma boa remuneração.

O prestador de serviços que oferece resultados acima das expectativas não é caro.

 

Hoje um fator que tem causado grande ESTRESSE no trabalhador é o MEDO de PERDER o EMPREGO mas,  quando esse trabalhador desenvolve a linha de raciocínio de que “O SEU EMPREGO É O SEU NEGÓCIO, boa parte desse medo se desfaz, porque ele passa a reconhecer que é a qualidade do serviço prestado, que  garante tanto a permanência em uma empresa, quanto uma  nova oportunidade no mercado.

 

O ESTRESSE DO PONTO DE VISTA DAS DUAS PARTES: EMPREGADOR E EMPREGADO

 

No que diz respeito ao ESTRESSE, dentro da RELAÇÃO  EMPREGADOR e EMPREGADO, em geral, o ESTRESSE surge quando as duas partes não compartilham os mesmos propósitos e objetivos.

Se olharmos para a História da Humanidade, vamos perceber o quanto a Economia, de tempos em tempos, vem modificando as relações de trabalho. Passamos pela escravidão, a revolução industrial, a era da informática, acreditamos que estamos vivendo a era do conhecimento, mas a economia já está anunciando uma nova era: A ERA DA PARCERIA.

Se você procurar o significado de PARCERIA no dicionário, vai encontrar algo do tipo:

Sociedade, acordo, união ou contrato firmado entre indivíduos ou empresas que têm um mesmo propósito.

Nos dias atuais, em meio a situação econômica mundial, fica cada vez mais claro que terão mais chances de sobreviver, as empresas onde EMPREGADOR e EMPREGADOS se unem com o mesmo propósito: otimizar recursos e produzir lucro.

Parece que, mais do que regular o sistema financeiro no mundo e modificar as relações de trabalho, a maior função da ECONOMIA é chamar a atenção para uma nova consciência a ser adotada em prol da evolução das relações humanas, e a consciência da vez é o VALOR DA PARCERIA.

Quando EMPREGADOR e EMPREGADO, CHEFE e SUBORDINADO trabalham pelo mesmo propósito, otimiza-se recursos e elimina-se boa parte das “possibilidades” de acontecer o  ESTRESSE no trabalho. 

Mas como garantir que EMPREGADO e EMPREGADOR trabalhem pelo mesmo propósito?

Um fator muito importante para garantir que todos na empresa trabalhem pelo mesmo propósito é a NEGOCIAÇÃO.

Se olharmos para os problemas que mais geram ESTRESSE NO TRABALHO, vamos verificar que para cada problema, existe uma solução na NEGOCIAÇÃO.

Uma NEGOCIAÇÃO de trabalho bem sucedida é baseada em dois fatores: REGRAS CLARAS e DIPLOMACIA.

Ambas as partes devem ter CLAREZA em relação a todas as REGRAS estabelecidas para a realização das tarefas:

Prazos, Procedimentos, Responsabilidades, Critérios para Prestação de Contas, Critérios de Avaliação e tudo o que diz respeito à realização das tarefas.

O segredo da compreensão de todas as REGRAS está em saber OUVIR e QUESTIONAR. Não pode haver dúvidas em relação ao que se espera na realização de cada tarefa.

É importante destacar a importância de uma COMUNICAÇÃO gentil e objetiva.

Uma comunicação ríspida sempre distrai o foco da atenção, porque o ouvinte passa a prestar mais atenção na “maneira como o outro fala”, do que no conteúdo que se pretende comunicar.

Uma COMUNICAÇÃO GENTIL e OBJETIVA, sempre tem mais chances de cumprir o seu propósito e alcançar RESULTADOS.

A minha experiência profissional, me diz que a maioria dos problemas que causam ESTRESSE NO TRABALHO , tem a sua origem nas FALHAS DE COMUNICAÇÃO e NEGOCIAÇÃO. E quando falo em comunicação e negociação, não estou me referindo só ao processo que acontece entre você e uma outra pessoa. Eu estou me referindo também as falhas de comunicação e negociação, que acontecem na relação “você consigo mesmo”.

Todos os dias, ao acordar você negocia consigo próprio a maneira como vai escolher perceber a vida. O sucesso dessa escolha vai depender da linha de raciocínio que você elabora, para comunicar essa escolha à você mesmo.

 

A Comunicação e a Negociação, sem dúvida alguma é um dos fatores que colaboram na Prevenção e Combate ao Estresse não só no trabalho, mas em todos os aspectos da sua vida.  PENSE NISSO!!!!!!

 

 

Um abraço,

Cristina Alves

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!