Cinco conceitos que podem mudar a sua vida e a vida de uma empresa!

31/01/2016 18:08

 

Cada um é o dono do seu negócio!

“A Regra é clara!” (Bordão de Arnaldo César Coelho)

O que é combinado não é caro!

Foco na solução e não no problema!

 

Em 2003 quando montei um programa de treinamento para centros culinários, o principal objetivo era desenvolver um conteúdo onde as participantes entendessem que para ter sucesso, tão importante quanto produzir doces e salgados saborosos, era ter a consciência  de que a atividade de “fazer e vender”,  devia ser tratada como negócio e não como bico. Eu sempre iniciava as palestras com  a seguinte pergunta:

_ Sabe qual é a diferença entre tratar um meio de ganhar dinheiro como “bico”, ou como NEGÓCIO?

Na maioria das vezes ninguém se manifestava, e então eu respondia:

 _ Se você tratar o meio de ganhar dinheiro como “bico”, em termos de resultado você vai achar que “o que vier é lucro”, mas se você tratar o meio de ganhar dinheiro como NEGÓCIO, então você vai descobrir “o que é lucro de verdade”!

Nesta ocasião que eu me dei conta que até mesmo um funcionário CLT, deveria encarar o seu “meio de ganhar a vida” como o seu NEGÓCIO e foi assim que surgiu a ideia de implantar em empresas o conceito:

 

Cada um é o dono do seu negócio!

Na prática, em uma empresa, ter a consciência “ser o dono do seu negócio”, significa que você conhece plenamente a atividade que exerce, é totalmente responsável pelo que faz e o seu diferencial é que você cuida do seu setor de atuação, como se a empresa fosse sua.

Essa maneira de pensar faz a maior diferença na vida de qualquer profissional, porque ele não vai ser bom só para a empresa em que trabalha, ele vai ser bom para o mercado.  Este é o tipo de profissional que raramente fica desempregado, porque ele conhece o que faz, entrega o que combina, reconhece o seu valor e por isso sabe se vender.

 

“A Regra é clara!”

O conceito “A Regra é clara!”  surgiu um dia, quando sem querer, para definir aonde estava o erro em uma situação, me peguei repetindo o bordão do comentarista de futebol , Arnaldo César Coelho. Funcionou!  Rapidamente ficou claro para todos, que o erro havia acontecido, porque alguém não havia observado a regra.

Na prática, em uma empresa, o conceito “A regra é clara!” significa mais do que uma forma de identificar se houve ou não um erro, significa que tanto a empresa, quanto o funcionário tem o cuidado  de sempre se certificarem de que toda orientação é claramente compreendida.  

 

O que é combinado não é caro!

Desde criança que eu ouço meu pai falar essa frase e para mim é muito claro, o que foi combinado tem que ser cumprido.

Quantas vezes chefes e funcionários combinam prazos ou responsabilidades que não cumprem. Na minha opinião esta ainda é uma questão muito mal resolvida no mundo dos negócios, por isso fica a dica: Tem que documentar!

 

Foco na solução e não no problema!

Não existe uma característica mais valiosa em um profissional, do que a capacidade de focar na solução ao invés de focar no problema.

Em geral quando algo dá errado, por um instinto de defesa, as pessoas dão mais atenção para definir quem foi o culpado e porque aconteceu o erro, do que para a solução do problema.

A maneira de pensar da sociedade, reforçada pela comunicação de massa, mantêm as pessoas presas a condicionamentos que as tornam impotentes diante dos problemas. Ter a percepção treinada para focar na solução é um desafio que exige treino diário, mas vale a pena, porque ter desenvolvida a capacidade de focar na solução é mais do que um diferencial profissional, é um diferencial de vida.

 

Para refletir:

Toda vez que a economia muda, mudam também as relações de trabalho.

A ideia do “Eu mando e você faz” e do “emprego garantido”, estão com os dias contados.

A  nova onda é a parceria, onde todos procuram se relacionar bem e fazer o seu melhor por um único motivo: o RESULTADO!

Em épocas de crise, nada é mais importante do que o RESULTADO!

 

Quando escrevi este artigo, deixei passar uma ideia que hoje 09.02 acrescento ao texto, como sendo o 5º conceito:

O importante é aprender a pensar com a cabeça da empresa!

Em certa ocasião da minha vida trabalhei em uma empresa, onde um dos diretores dizia:

“Não tem problema não saber, tem que perguntar. O importante é aprender a pensar com a cabeça da empresa!”

Parece simples, mas o grande problema é que na maioria das empresas gasta-se muito tempo cobrando os erros cometidos, consertando as consequências destes e pouquíssimo tempo com orientação, acompanhamento e avaliação.

O fato é que a expectativa atendida tem dois lados, o seu e o do outro:

Se eu quero atender as expectativas tenho que me certificar que:

Eu sei, o que e como devo fazer.

Se eu quero que as minhas expectativas sejam atendidas, tenho que me certificar que:

O outro sabe,  o que e como eu quero que faça.

 

Para refletir:

A perfeição, nasce da experiência do erro e aprendizagem;

A orientação, encurta o caminho da aprendizagem;

O acompanhamento, dá as certezas do caminho;

A avaliação é a certeza de que o caminho o levou ao acerto!

Sem a orientação, acompanhamento e avaliação, corre-se o risco de fazer um caminho difícil, incerto e que pode levar ao erro!

 

 

Um abraço,

Cristina Alves 

 

 

Newsletter

GOSTARIA DE RECEBER GRATUITAMENTE NOVOS POSTS? DEIXE SEU E-MAIL LOGO ABAIXO

Código do contador Histats

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!